As lojas de materiais de construção têm uma série de demandas que exigem diversas ações para garantir não só maior número de vendas, mas também fluidez nas atividades, minimização de erros e evitar desperdícios. Um dos pontos é conseguir gerenciar essa série de informações que circulam no local.

Uma das formas de trazer melhores resultados e maior controle é por meio de uma solução específica para esse fim, alinhando-se com o momento da transformação digital. Mas, afinal, por que investir em ERP para loja de materiais de construção? Tire as suas dúvidas sobre o tema neste artigo e entenda a importância.

O que é ERP?

ERP é a sigla para Enterprise Resource Planning que, em português, significa Planejamento dos Recursos da Empresa. Trata-se de uma solução que auxiliam as empresas, nas mais diferentes áreas, a conseguir fazer uma melhor integração entre os campos e, assim, proporcionar melhorias administrativas no negócio.

Portanto, é uma solução abrangente, que permite que os dados das mais diferentes áreas sejam integrados em um mesmo software. Dessa forma, todos podem ter quaisquer informações em mãos, permitindo ações mais estratégicas na empresa.

Qual a importância do ERP para lojas de materiais para construção?

Uma loja de materiais de construção tem suas peculiaridades no dia a dia, que devem ser consideradas, e o ERP tem um papel importante nisso. Afinal, falamos de um setor muito abrangente, que oferece suporte desde obras internas nas residências a, até mesmo, para grandes obras que podem contar com seu varejo para o abastecimento de insumos.

Sendo assim, essa é uma área que tem um alto volume de informações, que circulam por diferentes áreas. Por exemplo, uma grande compra feita por uma construtora envolve:

Como você pôde perceber, há uma série de informações que circulam entre diversos setores e, assim, conseguir otimizar esse fluxo. Com isso, é possível melhorar a gestão e minimizar erros. E um dos mais comuns é dificuldade com desperdícios de materiais.

Por exemplo, 73% das empresas de varejo de material para construção apontam que esse é um dos maiores problemas do negócio. Com um ERP, você consegue identificar essas questões e minimizar, justamente, o desperdício, com melhores informações sobre o estoque.

Como funciona um ERP?

Um ERP focado para o varejo de material para construção tem uma série de funções importantes para otimizar as rotinas. Para que funcione adequadamente, é fundamental que ele seja composto de diversos módulos, podendo selecionar aqueles que se encaixam melhor às necessidades específicas da sua loja.

Assim, para essa área, é fundamental que a solução contenha os módulos que apresentaremos a seguir.

Financeiro

Esse é um ponto que auxilia não só a melhorar o resultado financeiro da empresa, mas também a garantir que todas as comunicações relacionadas com essa área não falhem. Responsável, por exemplo, pelo controle de fluxo de caixa, organização de notas fiscais, entre outros pontos importantes.

Suprimentos

Esse módulo é vital para as lojas de materiais de construção porque está intimamente ligado ao controle logístico. Por meio dele, os gestores podem gerenciar fluxos de estoque, prestação de serviços, garantir o momento mais adequado para reposição de estoque, entre outros pontos importantes.

Comercial

Essa é a parte importante para manter contato com seus clientes, captando aqueles que já estão em vias de gerar a conversão ou, então, manter aqueles que já compraram de forma fidelizada. Ou seja, ele faz a gestão desde a prospecção dos potenciais compradores à gestão da carteira.

Contabilidade/fiscal

Área importante para gerenciar as informações que são obrigatórias pela legislação vigente. Por isso, é fundamental que você esteja atento se esse módulo é constantemente atualizado, seguindo as regras vigentes pela legislação atual. Com isso, é possível garantir a regularidade com o fisco e evitar problemas a longo prazo.

Suporte à decisão

O ERP também deve conseguir proporcionar um suporte a uma decisão eficiente. Por meio disso, é possível que os gestores tenham dados em mãos, para poder fazer aquilo que é o melhor para a empresa.

Segurança

É preciso que ele tenha funções de proteção às informações que ali circulam. Para além da proteção do negócio em si, isso também é importante para o cumprimento da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais). Afinal, sem isso, sua empresa pode ser punida por deixar informações pessoais de terceiros desprotegidas.

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica

O ERP deve ser integrável aos sistemas de emissão de Nota Fiscal Eletrônica da sua região. Isso é fundamental principalmente para que esse processo possa ser feito de forma automatizada.

Assim, no ato de uma compra, ela é emitida automaticamente e, ao mesmo tempo, enviada para o módulo de contabilidade. Então, é possível tomar as medidas necessárias a fim de que o responsável já possa fazer o controle dos registros contábeis.

Quando um ERP deve ser usado?

Essa é uma pergunta comum e a resposta é: sempre. O ERP é um aliado importante para os negócios dos mais diferentes tamanhos, sejam eles grandes ou pequenos, façam vendas para B2C ou B2B, todos eles se beneficiam consideravelmente do uso do ERP.

Por isso, se você ainda não conta com ele, é um ótimo momento para começar a reverter isso.

Quais os benefícios do uso de um ERP?

O uso de um ERP permite trazer uma série de benefícios para a sua loja de material de construção. Veja os principais a seguir!

Automação de processos

Um primeiro ponto importante de benefício no uso de um ERP para lojas de materiais de construção é a possibilidade de automação de processos no dia a dia. Afinal, muitas ações internas são realizadas de forma repetitiva e, caso tenham falhas, podem trazer prejuízos para a sua empresa.

Por meio do ERP elas podem ser feitas de forma automatizada, minimizando as chances de falhas humanas e garantindo maior celeridade no processo. Por exemplo, ao confirmar os dados de uma venda, o próprio ERP, com as informações cadastradas, pode realizar a emissão da Nota Fiscal Eletrônica (NFE) automaticamente.

Dependendo do volume de vendas do seu negócio, isso pode ser realmente uma economia de tempo considerável. Estenda isso a uma série de tarefas repetitivas que podem ser feitas dessa forma e você verá como as rotinas podem se tornar muito mais ágeis em seu negócio.

Evita erros na composição de estoque

Esse é um erro complicado e que pode colocar em risco todas as suas estratégias para conseguir potencializar a experiência do cliente. Se o seu estoque está com a composição inadequada (por exemplo, com menos itens do que você realmente precisaria ter para atender as demandas padrões do seu negócio), as chances de perder vendas importantes é muito alta.

Isso vale, por exemplo, quando uma construtora busca um maior volume de itens e não tem eles disponíveis no seu estoque por um erro de cálculo de giro de estoque. Imagine perder essa oportunidade por uma falha, não é mesmo?

Com o ERP você consegue ter dados atualizados em tempo real e, principalmente, saber o melhor momento para fazer a reposição de estoque. Assim, é possível minimizar erros e garantir estratégias mais eficientes e não perder nenhuma venda!

Evita falhas que coloquem seu negócio em xeque com o mercado

Muitas falhas ocorridas internamente podem comprometer a sua participação no mercado e, assim, gerar uma série de problemas para seu negócio. Com o uso do ERP, muitas dessas questões podem ser solucionadas, principalmente, pelo que foi dito sobre automação.

Por exemplo, o preenchimento do seu estoque pode ficar prejudicado se ele for feito de forma manual. Com o ERP, é possível que o inventário esteja sempre atualizado. Isso porque ao registrar uma venda de um determinado item, automaticamente ele é subtraído do valor existente e, assim, as informações têm maiores chances de estarem sempre corretas.

Com isso, evita-se que você chegue ao ponto de viabilizar a venda de um item no atendimento online que realmente não tenha no seu estoque por uma falha neste quesito. Algo que não seria bom, não é mesmo?

Permite um atendimento ao cliente melhor direcionado

Cada vez mais a experiência do cliente precisa ser priorizada no seu dia a dia. Afinal, eles estão no cerne do processo produtivo e, portanto, se você não focar nisso, as chances de perdê-los para seus concorrentes são maiores.

Com as informações fornecidas por um ERP é possível oferecer um atendimento ao cliente mais bem direcionado, ágil e personalizado. Isso porque é possível acompanhar o histórico de compras e identificar eventuais questões que possam ser de interesse dele para agir de forma proativa.

Por exemplo, pelo padrão de compras, é possível identificar o eventual tipo de obra realizada na residência e o atendente, assim, pode indicar outros produtos que possam ser interessantes para os momentos seguintes do que está sendo feito.

Além disso, é possível minimizar falhas que podem afetar, justamente, a experiência do cliente. Por exemplo, a demora na informação do preço de um produto no atendimento online pode desinteressá-lo e ele optar por buscar o preço com o concorrente.

Assim, o ERP permite que você possa trazer todas as informações necessárias para que seja possível ter melhores estratégias no atendimento ao cliente. Sem isso, diversos gargalos podem ocorrer e prejudicar a relação entre cliente e empresa.

Redução de custos

A redução de custos é um ponto desejável para muitos gestores de lojas de materiais de construção e provavelmente é um objetivo importante seu, não é mesmo? Pois é, com o uso do ERP isso é possível. A economia ocorre por motivos diversos, entre eles:

  • evita perdas de itens que são comprados em excesso e podem vencer em seu estoque;
  • permite ter uma melhor gestão de clientes, gerando maiores chances de fidelização com menos necessidade de investimento;
  • automatiza processos, de forma que o custo por função diminui consideravelmente;
  • permite a integração de processos entre setores e, portanto, minimiza a necessidade de utilizar diversos softwares diferentes quando há a possibilidade de utilizar uma única solução para essas funções;
  • melhor controle orçamentário, entre outros.

Como escolher um ERP de confiança para sua loja de materiais de construção?

Afinal, quais são os critérios para escolher um ERP confiável e que possa trazer os benefícios esperados para o seu negócio? Separamos alguns pontos que vão ajudar você nessa decisão importante e potencializar os benefícios que você viu anteriormente.

  • analise a reputação da empresa fornecedora da solução. Veja se há reclamações dela em sites especializados. Ao mesmo tempo, também veja o lado oposto: confira os relatos positivos, os cases de sucesso e pondere entre essas duas opiniões;
  • escolha aquela que ofereça suporte constante e uma boa comunicação entre empresa e gestores da loja de material de construção;
  • analise o custo-benefício da solução e de que forma se enquadra no orçamento da sua loja;
  • escolha aquela que, de fato, permita ao seu negócio a ter uma implementação eficiente, com o melhor custo-benefício. A partir disso é possível tornar esse processo de mudança mais tranquilo para o negócio de modo geral e, também, para os colaboradores. Afinal, essa transição pode ser delicada e o suporte da empresa é fundamental para minimizar falhas no processo;
  • escolha uma empresa que atue focada para o mercado de materiais de construção. Isso porque uma série de peculiaridades fazem parte desse negócio e, assim, é possível ter uma solução direcionada para as demandas dessa área.

A escolha do melhor ERP para lojas de materiais de construção é fundamental para que o investimento realizado traga o retorno esperado. Afinal, sabemos que a ideia é, justamente, ter uma otimização de processos.

Por isso, é importante ter o melhor ERP para lojas de materiais de construção ao seu lado, e a MicroUniverso é a escolha certa para seu negócio. Somos especialistas em soluções para essa área e estamos sempre atualizando o ERP com módulos que são essenciais para as atividades do setor.

Você não pode deixar de contar com o nosso ERP. Então, entre em contato e conheça os nossos diferenciais.